Ao contrário do que se possa imaginar, o processo seletivo da sua empresa não precisa ser penoso e estressante. Isso porque, há uma série de medidas que você pode adotar para acelerar cada etapa e ainda ganhar em qualidade dos candidatos selecionados.

Se você ficou curioso a respeito de como isso pode ser feito, continue a leitura e confira as 5 dicas que separamos para te ajudar. Acompanhe!

1. Divulgue vagas com eficiência

Muitos recrutadores pensam que o real processo começa na entrevista, mas a verdade é que a maneira como a vaga é divulgada já é um fator decisivo para o sucesso da seleção.

Uma forma eficiente de anunciar é buscar sites especializados, por exemplo, pois os candidatos passam por uma filtragem antes de chegar até sua empresa.

2. Defina bem a descrição da vaga

Ao falar com os candidatos pelo telefone, não seja vago, pois isso faz com que um tempo precioso seja perdido com entrevistas e dinâmicas de grupo. Jogue as cartas na mesa logo no primeiro contato: fale sobre as responsabilidades da vaga, as características requeridas e os ganhos salariais.

Dessa forma você consegue separar quem realmente tem interesse na vaga daqueles que tinham expectativas não condizentes a ela.

3. Use a tecnologia ao seu favor

A tecnologia é uma aliada e tanto dentro do âmbito organizacional, e na área de recrutamento e seleção isso não é diferente. É possível utilizar ferramentas como o Skype para realizar a primeira etapa da seleção, o WhatsApp para passar informações como data, horário e local da entrevista.

É possível, ainda, utilizar softwares de recrutamento disponíveis no mercado, ou planilhas do Excel para criar o banco de dados. As facilidades que a internet propicia não têm limites, portanto use-as!

 

dhire

4. Envolva o líder no processo seletivo

Por mais que o recrutador tenha experiência em identificar talentos, permitir que o líder do departamento do qual o candidato vai fazer parte também participe em alguma etapa da entrevista é uma estratégia interessante.

Afinal de contas, é o líder do departamento que terá de lidar com o candidato no dia a dia, portanto, ele pode usar o chamado “feeling”, ou intuição, para saber qual o candidato mais adequado ao seu departamento, levando em conta o ritmo de trabalho e a equipe já existente.

5. Pense à frente

Uma vez que o candidato ideal foi escolhido, os outros currículos podem ir direto para o lixo, certo? Errado! É importante que se pense à frente no que diz respeito à seleção de candidatos e não se deixar tomar pela impulsividade.

Crie e alimente um banco de dados com informações daqueles que não foram escolhidos, mas, ainda assim, mostraram potencial na entrevista. Até porque, se por algum motivo o recém-contratado não se enquadrar na empresa, você não teria de realizar o processo seletivo do zero, se os contatos dos demais entrevistados estiverem devidamente armazenados.

Viu como é possível realizar uma contratação com mais rapidez e eficiência? Tem outra dica para compartilhar? Deixe um comentário e participe!

Conheça nossa plataforma: www.dhire.com.br