Confira 5 tendências na gestão de talentos

Foco do RH nas empresas atualmente, a gestão de talentos é uma das principais preocupações dos gestores que entenderam a importância do capital humano para a empresa.

Como qualquer aspecto que envolva pessoas, esse modelo de gerenciamento também sofre mudanças e apresenta tendências que podem impactar totalmente a relação entre funcionários e organização nos próximos anos.

Assim, destacaremos a seguir as 5 principais inclinações na área. Confira!

1. People Analytics

Os negócios estão cada vez mais voltados à administração guiada por dados. A coleta e a organização do grande volume de informações embasa a tomada de decisões em diversos aspectos corporativos.

As empresas estão investindo cada vez mais em People Analytics e usando esse conhecimento para atrair talentos, remanejar pessoas, propor ações de desenvolvimento, melhorar processos e tecer planejamentos. Tudo voltado para o alcance de metas!

recrutamento especializado headhunters

2. Inteligência emocional

O desenvolvimento da inteligência emocional para gestores e liderança é uma das principais tendências dentro da gestão de talentos. Trata-se da capacidade de entender os próprios sentimentos e os dos outros, bem como saber motivar e administrar relacionamentos.

É uma tarefa difícil, que exige níveis de autoconhecimento e empatia muito altos, mas importante para exercer uma boa liderança, aumentar o engajamento, construir uma relação saudável com os funcionários e desenvolver o trabalho em equipe.

3. Novas plataformas de treinamento

A aplicação de treinamentos para os funcionários é vital para manter a competitividade e a reciclagem de informações em uma organização.

O que podemos observar agora é uma mudança na abordagem desses treinamentos. Se antes eram realizados cursos em moldes tradicionais e maçantes, atualmente, são cada vez mais aproveitadas plataformas mais fluidas, que favorecem o autodidatismo e distribuem o conteúdo em pequenas células.

O micro learning também é um conceito em voga e que tem aplicação crescente em treinamentos, assim como o uso de redes sociais e recursos digitais para esse fim.

4. Mobilidade

O perfil de emprego como conhecemos está no fim. A mobilidade tende a reger as próximas relações de trabalho. Os departamentos de RH devem pensar em novos modelos de contratação, uma vez que vão favorecer o trabalho a distância e agrupar esses funcionários sem que isso acarrete em problemas de troca de informações entre profissionais e equipes.

A tecnologia será uma ferramenta essencial de trabalho tanto para a empresa quanto para cada colaborador de maneira individual.

5. Abordagem personalizada

Um tratamento igual e único para todos os colaboradores não é mais eficaz e vai cair cada vez mais em desuso nas próximas gerações. Para atrair e reter talentos, as empresas terão de personalizar o diálogo de acordo com cada perfil de profissional, tendo uma aproximação mais íntima e enxergando o funcionário como indivíduo, não mais como número ou parte de um grupo.

A riqueza de dados a que temos acesso já dá suporte para esse tipo de abordagem e ajuda a identificar problemas de engajamento e queda de produtividade. Será função do RH entender o que motiva cada colaborador e saber trabalhar essas questões para que ele consiga dar o seu melhor dentro da empresa.

Agora que você já conhece as cinco principais tendências em gestão de talentos, assine a nossa newsletter para receber conteúdo atualizado sobre processos seletivos, gerenciamentos de pessoas e outros assuntos relacionados aos Recursos Humanos!

CLIQUE AQUI e descubra como estamos mudando o mercado de Recrutamento Especializado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *