Fit cultural do candidato: por que é tão importante para a empresa?

Toda empresa é formada por pessoas em sua essência. Essas pessoas, ou melhor, os colaboradores, devem se harmonizar aos princípios, às regras de conduta, aos padrões morais e às crenças da organização, bem como devem atender às políticas de gestão implementadas.

Mas como saber se os candidatos a novos cargos estão em conformidade com tantos aspectos? Por meio da análise do fit cultural.

Você sabe, então, o que significa o fit cultural do candidato? Quer acertar ainda mais nas seleções de RH? Para esclarecer as dúvidas em relação a esse tema, preparamos este post. Confira!

O que é avaliação do fit cultural?

É por meio da avaliação do fit cultural que é identificado se os ideais, objetivos e valores de um candidato estão ou não alinhados à empresa em que ele deseja trabalhar.

Para que a contratação ideal seja favorecida, os objetivos e valores individuais devem estar de acordo com aqueles pregados pela organização. Do contrário, contratações equivocadas podem acontecer.

Para que a melhor decisão no momento da contratação seja tomada, é preciso que a empresa — antes daquelas análises — tenha o conhecimento necessário sobre a própria cultura.

A cultura organizacional se relaciona com as pessoas que estão atreladas à empresa. É preciso que essas pessoas tenham voz para que os perfis sejam mapeados e os princípios norteadores sejam encontrados.

Qual a importância do fit cultural na contratação de um candidato?

É a partir do fit cultural que se vai verificar se o candidato poderá compor bem a equipe ou se ele ficará deslocado. Por exemplo, uma pessoa introspectiva e calada pode se sentir bastante desconfortável em meio a colaboradores animados e demasiadamente extrovertidos.

Esse tipo de situação pode ser prejudicial para o desempenho da equipe como um todo. É preciso combinar o empregado com a empresa, ainda que isso pareça uma atitude superficial.

Evitar o constrangimento de um colaborador é fundamental para sua boa experiência dentro da organização.

Inventário de Aderência Cultural

Quais as consequências de contratar um candidato inadequado?

O objetivo de todo processo seletivo é encontrar profissionais compatíveis com o cargo. Porém, se os recrutadores não alinharem os candidatos à cultura da empresa, o desempenho de todos pode ser afetado.

A companhia necessita de funcionários que tenham a ver com os seus ideais. Quando essa escolha destoa, ela pode não alcançar adequadamente seus objetivos e ter gastos desnecessários mais adiante.

Para que um funcionário tenha o melhor desempenho em sua função, ele precisa de motivação. Para isso, é fundamental sentir que ama o que faz e que está satisfeito em seu local de trabalho.

Uma pessoa que não tem fit cultural alinhado à empresa provavelmente não se sentirá assim. Logo, a consequência é um colaborador desmotivado, com baixa produtividade e que pode ainda atrapalhar o restante da equipe.

Como saber que o profissional está alinhado culturalmente à organização?

A entrevista pode ser um instrumento valioso para identificar se o candidato tem fit cultural com a empresa. É necessário conduzir a conversa e as perguntas, a fim de adquirir um conhecimento mais profundo sobre o indivíduo.

As perguntas situacionais são uma boa opção de análise. Elas exigem do candidato respostas que vão além do “sim” e do “não”, revelando opiniões pessoais.

Evite propor questões muito óbvias. Elas viabilizam o uso de respostas “prontas”.

Aborde as expectativas pessoais sobre o trabalho e também sobre a empresa, assim como a perspectiva de futuro do candidato. Dependendo da função que ele vai exercer, também é válido o conhecimento sobre sua forma de se relacionar e buscar soluções. Assim, o fit cultural pode ser identificado mais facilmente.

Inventário de Aderência Cultural

Gostou das dicas deste post? Assine a nossa newsletter para acompanhar outros posts de conteúdo importantes como este!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *