Hiring manager: entenda o papel dele no processo de recrutamento

Recentemente, as empresas começaram a entender a real importância de um bom processo de recrutamento. A devida atenção dada a esta etapa reduz custos e os índices de rotatividade, fortalece o time de talentos e é essencial para a produtividade e performance da companhia. Para aperfeiçoar a seleção, muitas empresas estão incluindo outro profissional nessa etapa: o hiring manager.

Mas e você, já ouviu falar sobre o papel e a importância deste profissional? Sabe o que faz o hiring manager e qual é sua contribuição estratégica durante o recrutamento e seleção de candidatos? Então continue a leitura desse post e veja como ele pode ajudar uma empresa a contratar o melhor colaborador para uma função.

O que é o hiring manager?

Vamos imaginar a trajetória resumida de um candidato: ele toma conhecimento de um processo seletivo, envia seu currículo, existe uma compatibilidade entre seu conhecimento e experiência e os requisitos da vaga, ele é entrevistado e contratado.

E a partir deste ponto, quem é o responsável pelo novo colaborador? Quem fica encarregado de introduzi-lo efetivamente na corporação, estabelecer objetivos, ensinar as tarefas, integrar suas atividades às da equipe?

Normalmente, o novo contratado fica sob a responsabilidade e supervisão de quem solicitou um funcionário para aquele posto — geralmente, um líder de setor. Ele é o hiring manager ou gerente de contratação.

Portanto, o hiring manager é:

  • o profissional ou gestor que requisitou a contratação de um funcionário para aquela vaga;
  • o profissional a quem o novo contratado se reportará quando contratado;
  • o responsável pela adaptação do novo funcionário e por instruí-lo até que ele domine perfeitamente as tarefas referentes ao cargo;
  • o supervisor do trabalho de toda a equipe onde o contratado será inserido.

Qual é a importância do hiring manager para o recrutamento?

Uma análise breve da situação é suficiente para concluir que, se o hiring manager é o profissional que entende as necessidades do departamento, sabe os detalhes sobre atividades que o funcionário desempenhará, conhece a equipe que já atua e até mesmo as dificuldades da função, ele é um elemento-chave para o time de recrutamento.

Por isso, as empresas que já entenderam que a visão do hiring manager é essencial para o sucesso de uma contratação já estão dando a este personagem um papel de grande influência no recrutamento e seleção.

O que esperar de um hiring manager?

Trabalho em conjunto com o setor de RH

O hiring manager não pode esperar a contratação do funcionário ideal se ele simplesmente fizer a requisição e transferir toda a responsabilidade pelas etapas seguintes para o departamento de RH.

Quanto mais ele trabalhar em conjunto com esse departamento, maiores serão as chances de estabelecer critérios relevantes para a avaliação dos candidatos. Assim, a “peneira” fará uma seleção coerente com suas expectativas.

Ele precisa acompanhar cada passo do processo de contratação. Em algumas organizações, ele é reconhecido como o cabeça do time de seleção para aquela função.

A distribuição de tarefas pode variar entre uma empresa e outra, mas ele pode ser envolvido em diversas atividades: revisão do anúncio da vaga, seleção de currículos, entrevistas por telefone e presenciais, definição de finalistas etc.

Definição do perfil

Essa é, provavelmente, a principal etapa para o preenchimento satisfatório de um posto de trabalho. Isso acontece porque se todo restante da seleção se pautar em critérios irrelevantes para o cargo, o processo não chegará ao colaborador ideal para a função.

Por isso, tudo precisa começar com uma reunião de planejamento. Ela, o hiring manager e o RH abordarão o perfil da vaga, o anúncio ideal para captar candidatos com a qualificação desejada e o sistema de contratação.

Caso a posição em questão seja completamente nova, é preciso ter uma abordagem ainda mais profunda. Eles precisam analisar juntos as necessidades do departamento, identificar as atribuições para a função que será criada para, só depois, desenhar o perfil ideal do candidato.

Participação em todas as etapas

Quanto mais presente o hiring manager estiver em cada etapa, maiores são as chances de a empresa encontrar um profissional adequado para atender suas demandas. Não existe uma regra única para isso, mas especialistas recomendam algumas ações:

  • analisar os currículos de candidatos que apresentam os requisitos mínimos e competências essenciais para a contratação;
  • delegar os passos iniciais a um assistente, quando for o mais apropriado;
  • conduzir ou designar funcionários capacitados para a realização da entrevista por telefone ou online;
  • quando pertinente, escolher um comitê de seleção composto pelos indivíduos cujo trabalho se relaciona diretamente à função em questão;
  • avaliar os dados obtidos nas avaliações para chegar a um grupo de finalistas do processo seletivo;
  • considerar a percepção e avaliação de outros envolvidos no processo, como profissionais de RH, gestores de áreas correlatas e outros membros do comitê de seleção.

Avaliação estratégica

O conhecimento da função, do departamento e de sua contribuição para o sucesso da empresa como um todo é uma das maiores vantagens da inclusão do hiring manager no processo de recrutamento.

Portanto, ele precisa manter a estratégia em foco. Ela deve ser mais importante que preferências pessoais. Além disso, a contratação precisa estar em pleno acordo com as políticas da companhia para essas situações.

Cabe ao RH orientar todo esse processo. Ele presta assistência ao hiring manager em cada etapa e coloca sua equipe à disposição para a realização de atividades e análise dos candidatos.

O RH e sua equipe filtram as candidaturas iniciais, fornecem uma lista reduzida ao hiring manager, marcam e participam das entrevistas, podem aplicar avaliações adicionais e apontam algumas questões importantes que devem ser observadas.

É importante que o RH relembre ao hiring manager que é preciso atentar a outros aspectos além da competência técnica. O perfil comportamental e aderência cultural também são fatores essenciais para uma contratação efetiva.

Construção de um relacionamento com um candidato

Embora a avaliação deva ser estratégica, não podemos nos esquecer que o hiring manager vai trabalhar diretamente com o candidato. Isso significa que é importante que haja entre eles algum tipo de identificação.

A construção de um bom relacionamento — de preferência desde o recrutamento — tem um impacto altamente positivo sobre a produtividade e performance do contratado. Ela contribui para a retenção do talento na empresa e para o engajamento do colaborador.

Podemos ver como o hiring manager é uma peça fundamental para uma contratação bem-sucedida. Seu conhecimento do setor e do negócio permite que ele desempenhe um papel estratégico no processo de recrutamento, garantindo que a companhia tenha os recursos humanos necessários para atingir seus objetivos.

Agora que você já sabe qual é o papel do hiring manager, que tal conhecer outras 6 dicas para otimizar o processo de recrutamento da sua empresa? Confira em nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *