Veja como estruturar o seu processo de recrutamento

A competitividade de uma empresa está diretamente ligada à qualidade de seu processo de recrutamento. É por meio dele que a organização capta recursos humanos, o que define se ela terá suas necessidades plenamente atendidas — ou não!

Quer entender melhor qual é a importância desse processo e descobrir como torná-lo efetivo? Então acompanhe este post. Vamos tratar desses tópicos e mostrar não só o porquê, mas principalmente como fazer um recrutamento eficaz. Confira!

A importância de um processo de recrutamento eficaz

Estrutura, tecnologia e modelos de negócio — embora todos eles sejam importantes, não são suficientes para garantir o sucesso de uma companhia. Desde o desenvolvimento de produtos até o atendimento ao cliente, todas as operações dependem, em maior ou menor grau, das pessoas que as realizam.

Portanto, o verdadeiro termômetro para aferir a qualidade de uma organização é também a qualidade de seus recursos humanos. Quando ela conta com profissionais que são tecnicamente preparados e pessoalmente adequados, o sucesso é garantido.

O que isso significa? Quando falamos de preparo técnico, nos referimos aos conhecimentos e experiência que os tornam aptos a executar suas tarefas com eficiência.

Além disso, a adequação pessoal também é extremamente importante. Ela se refere à compatibilidade entre os perfis comportamental e profissional às atribuições do cargo e à cultura da organização.

Quando a empresa encontra um candidato com esses dois conjuntos de características, podemos dizer que houve um match perfeito. Ele será capaz de apresentar um bom desempenho, além de se realizar pessoalmente por meio de trabalho e se sentir feliz a cada conquista.

Identificar esse candidato é a meta do processo de recrutamento. Quando o RH consegue fazer isso com frequência, ele desencadeia um ciclo virtuoso em que a boa performance leva a resultados extraordinários.

Além disso, o recrutamento eficaz poupa recursos e aumenta os lucros. Ao captar os melhores talentos do mercado, ele contribui para alavancar a produtividade. A adequação dos candidatos também reduz o turnover e os custos decorrentes dele.

recrutamento especializado headhunters

Como realizar um bom processo de recrutamento

Depois de entender a importância desse processo, é fundamental descobrir meios para torná-lo efetivo. É sobre isso que vamos falar nesse tópico. Então, prepare-se!

Planeje a seleção de pessoas

É importante que o RH conheça o padrão de demandas da organização. Ela precisa ocupar postos para atender às necessidades temporárias? Está apresentando crescimento acentuado e sinalizando que precisará de mais mão-de-obra para expansão?

Esses e outros sinais devem colocar o RH em alerta, mostrando que ele deve se preparar para contratações habituais ou extraordinárias. Mas como fazer esse preparo?

O primeiro passo é criar um processo realmente estruturado, com etapas de seleção bem definidas. Estabeleça os procedimentos gerais, que serão adotados para o preenchimento de todas as vagas, bem como os específicos.

Diferentes cargos exigem habilidades e conhecimentos distintos. O processo deve prever avaliações específicas para cada um desses casos, proporcionando testes e ferramentas adequadas.

Aperfeiçoe o perfil indicado para a vaga

Não é suficiente estruturar todo um processo e providenciar uma série de ferramentas. Se o perfil definido para a vaga não for preciso, o resultado será equivocado: identificará candidatos cuja qualificação é incompatível com a função.

Por isso, antes de anunciar a vaga, é importante que o RH realize algumas reuniões com um hiring manager. Ele pode descrever de forma detalhada as atividades que o profissional exercerá, o que ajudará a detectar elementos essenciais nesse perfil.

Dessa forma, o RH pode estabelecer um perfil preciso. Ele é fundamental para redigir um anúncio capaz de atrair os candidatos mais apropriados e basear a escolha de ferramentas para a avaliação.

Crie descrições de vagas precisas

O processo de recrutamento precisa atrair candidatos compatíveis para a vaga. A melhor maneira de fazer isso é com uma descrição precisa, que torna explícitos os critérios para a contratação.

A descrição da vaga deve conter informações como:

  • atividades realizadas pelo profissional ao ocupar a função;
  • requisitos para ser considerado apto ao cargo (formação, experiência, certificações específicas, idiomas);
  • habilidades e competências que a empresa espera que o profissional demonstre no exercício da função;
  • breve resumo sobre as atividades desempenhadas pela empresa e sua cultura organizacional.

Ao tornar a sua descrição de vaga clara, as chances de atrair pessoas com o perfil apropriado aumentam. O resultado é um processo seletivo ao mesmo tempo preciso e ágil, poupando esforços e recursos da equipe de RH.

Consulte especialistas

Como já comentamos, alguns cargos exigem habilidades muito específicas. Nem sempre a melhor alternativa é avaliar os candidatos a esses postos internamente, especialmente quando falamos de cargos C-Level.

Nesse momento, uma boa opção é recorrer a profissionais especializados nesse tipo de contratação, como os headhunters. Eles ajudam a empresa a fazer a melhor escolha com sua extensa experiência e conhecimento de setores específicos do mercado.

Além disso, os headhunters contam com uma grande rede de relacionamentos. Eles conhecem profissionais que estão em busca de oportunidades como a que sua empresa oferece, mesmo que não tenham se candidatado à vaga em um processo normal.

Portanto, enquanto um anúncio tende a iniciar uma verdadeira busca de uma agulha em um palheiro, o headhunter pode já ter ao alcance a solução precisa para o seu quadro de liderança.

Analise dados

Não tenha medo de estatísticas! Indicadores ajudam a identificar as ações necessárias para alcançar os melhores resultados. Sua empresa está perdendo um excelente profissional? Use o perfil dele para encontrar um substituto com a mesma competência.

Os dados podem apontar ainda outras situações: o melhor canal para encontrar bons candidatos para um determinado posto, o desempenho de profissionais captados por um meio e assim por diante.

Dessa forma, a empresa consegue detectar as ações mais efetivas, validá-las em novas tentativas e usá-las com frequência para agilizar as contratações e encontrar os melhores talentos do mercado.

O processo de recrutamento é estratégico nas empresas. Dele depende a qualidade do capital humano da organização e, consequentemente, o desempenho do negócio e sua competitividade. Por isso, vale a pena aperfeiçoá-lo sempre!

Gostou das nossas dicas para melhorar seu processo de recrutamento e fazer contratações certeiras? Quer conhecer uma plataforma onde é possível colocar essas dicas em prática com todo suporte que a tecnologia oferece?

Então não perca tempo! Converse com os especialistas da d’hire agora mesmo e descubra as vantagens de trabalhar com um marketplace de recrutamento especializado. Aguardamos seu contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *